Plasma vs. LCD – Qual é a melhor opção?

ê está procurando um monitor para games, confira outros detalhes para levar em conta no artigo “O que saber antes de comprar um novo monitor para os seus games“.

Deitar uma tela de plasma pode estragá-la?

Lenda urbana. Não há nenhuma indicação de que uma tela de plasma seja danificada em função de você deitá-la ou não. Esse mito surgiu de alguns manuais de instrução, que orientam que o transporte de monitores de plasma seja feito na vertical.

Porém essa recomendação existe não em função do plasma, mas sim das condições de transporte. Como sabemos, boa parte das mercadorias transportadas no Brasil é feita via rodovias por caminhões. E nossas estradas não são nenhum tapete. Longe disso.

Como as telas nem sempre estão completamente envolvidas por um isopor de sustentação – em geral eles apenas sustentam a base do produto dentro da caixa – é mais seguro que as telas sejam colocadas na posição vertical, garantindo maior firmeza.

Até mesmo se você precisar transportar no dia a dia, dentro do seu carro, por exemplo, pode levá-la deitada sem problemas. Desde que, é claro, dirija com muito cuidado e evite trepidações e solavancos mais extremos.

Então, pensando no futuro, o plasma é a melhor opção?

Tela de OLED da Sony, com 3mm de espessuraNão. Definitivamente não. Se você está procurando o que há de melhor em termos de qualidade e planeja investir uma boa grana numa tela, você precisa conhecer a tecnologia OLED (Organic Light Emitting Diode).

A novidade foi disponibilizada comercialmente este ano pela Sony. Seu funcionamento é muito similar ao das telas de LCD (não requer luz de fundo e os pixels utilizam um material orgânico para emitir luz própria) o que acarreta numa significativa economia no consumo de energia.

Além disso, as telas de OLED têm apenas três milímetros de espessura! Isso mesmo, milímetros. Some a isso o fato de ela ser feita com uma finíssima folha de plástico, à prova d’água e dobrável!

Mas nem tudo são flores. O custo é ainda é alto – um modelo básico está na faixa de US$ 2.500 – e produtos com a tecnologia OLED ainda não estão disponíveis para venda direta no Brasil. E mais, a previsão de durabilidade dessas telas é ainda menor do que as de plasma.

Tony Stark em cena de Homem de Ferro 2A expectativa dos fabricantes é que, com o aumento das vendas, diminuam também os custos de produção. A idéia é que essa redução nos preços seja drástica, a ponto do usuário manter o seu aparelho e poder trocar apenas a tela pelo menos uma vez por ano.

Uma curiosidade: para quem quiser as ver telas de OLED em funcionamento nos cinemas, pode aguardar o lançamento do filme Homem de Ferro 2, em maio de 2010. As telas utilizadas por Tony Stark em seu laboratório (foto ao lado) usam essa tecnologia e têm um design de encher os olhos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: