Novas Tecnologias: O Futuro do Google

Depois do boom da internet, os cacos de informação se espalharam pela rede. Será que o Google vai dar conta de organizar todo o conhecimento da web e aprimorar nossas buscas?

Sabe aqueles dias em que algo acontece e que muda a história do mundo? Então, uma nova página da história da internet começou a ser escrita no verão (estadunidense) do ano de 2005, nos corredores da Universidade de Michigan. Larry Page e Sergey Brin se conhecem e, a partir daquele momento, os rumos da internet se modificam, pois a parceria entre os criadores do Google estava selada para sempre.

Com uma ideia genial e muita competência, os fundadores do Google transformaram sua marca um sinônimo de buscas na internet. Não é a toa que depois de aproximadamente quinze anos, a Google ocupa o topo da lista das marcas mais valiosas do mundo, desbancando gigantes que estão no mercado há dezenas de anos, como as montadoras de automóveis e eletrodomésticos. Com um valor de marca na casa dos U$ 100 bilhões, a Google prova mais uma vez toda sua força.

Mas o que faz do Google o líder?

Ligar a Google apenas às buscas é uma forma antiquada de avaliar a performance da empresa no mercado de tecnologia. Isso porque, com investimentos certeiros, aquisições de serviços inovadores e parcerias brilhantes, a empresa de Page e Brin se tornou um monstro do mercado da internet e espalha suas garras em praticamente todas as áreas. Das buscas ao espaço, a Google é sinônimo de empresa versátil, pois atirou para todos os lados e, inacreditavelmente, acertou quase todos os tiros.

Larry Page e Sergey Brinn

Fonte: Divulgação

Os investimentos da empresa em tendências que viraram fato e a visão de futuro são os trunfos da companhia. É comum atribuirmos o sucesso do Google apenas ao seu algoritmo imbatível, mas seu sucesso devastador vai muito além de competência em uma única ferramenta. O fato de a empresa espalhar seus datacenters pelo globo, assim tornando o resultado das buscas muito mais rápido, possuir não apenas um software de busca acima da média, mas um hardware super competente e, o principal, mostrar o que as pessoas querem ver, ou seja, apontar o que elas realmente procuram é o ponto chave de tanto sucesso.

Função do Google

Desde que a ferramenta de busca do Google surgiu, em 15 de setembro de 1997, sua principal função sempre foi organizar a bagunça que a liberdade na internet causa. Com a facilidade e a possibilidade de criar conteúdo e páginas na rede, a cada dia milhões de novos sites com infinitas informações são lançadas na web e, convenhamos, se os mecanismos de busca não existissem estaríamos perdidos.

O passado das buscas

Na mesma proporção do crescimento da internet, os investimentos na área de buscas devem acompanhar as mudanças qualitativas e quantitativas da rede, pois não só as páginas mudaram ao longo destes quase quinze anos, mas os usuários da web também, afinal hoje somos a geração da Era da Informação. Uma prova desta mudança é percebida na imagem seguinte, onde o protótipo da página inicial do Google contemplava apenas algumas opções de buscas.

Primeira interface do Google

Fonte:Site comemorativo dos 10 anos do Google

Hoje em dia, as opções de busca em determinadas áreas, como em imagens, mapas ou notícias, permitem refinar e aperfeiçoar as pesquisas de forma que, certamente você encontrará o que procura.

Novidades nas buscas

Como a cada dia o número de usuários da internet aumenta exponencialmente, para manter o primeiro lugar no quesito buscas, o Google aprimora constantemente seus mecanismos de pesquisa e dita as regras do futuro da web. Os primeiros filtros de buscas começaram com a divisão das pesquisas de acordo com o que o usuário procura, desta forma a busca por imagem, notícias, acadêmico, livros, mapas e de mais opções é disponibilizada.

Você quis dizer…

Agregando às buscas a ferramenta Google Suggest, a Google mostra que está investindo na Web semântica para tornar seus resultados os mais inteligentes possíveis. Afinal, quem nunca foi corrigido pelo Google ao digitar uma palavra em desacordo com a ortografia? Além disso, a sugestão de termos de pesquisa veio se aperfeiçoando e está a cada dia mais próxima de você, pois ao realizar uma busca, o Google sabe onde você mora, os sites que mais visita ou suas preferências de compra, desta forma ele sempre vai sugerir algo o mais próximo possível do seu gosto pessoal.

Depois do boom da internet, os cacos de informação se espalharam pela rede. Será que o Google vai dar conta de organizar todo o conhecimento da web e aprimorar nossas buscas?


O que temos nas buscas atuais?

Recentemente em um evento chamado Searchology, a Google apresentou as novidades na área de buscas. Ainda mais focada no que “o usuário quer ver” a empresa começou a oferecer no Google.com novas formas de pesquisa, o chamado “Search Options”. Com basicamente quatro ferramentas novas, a empresa entra de cabeça no ramo e deixa para trás supostos concorrentes como o Cuil ou outros buscadores.

Mais opções

Search Options

Ao acessar o Google (em inglês) e realizar uma busca, é possível observar uma novidade logo abaixo da logo do Google. Um link chamado “Show options” literalmente esconde o ouro dos resultados.

Clicando nele, é possível observar várias alternativas de filtros para tornar sua pesquisa ainda mais inteligente. Divididos em quatro categorias (All results, Any time, Standard results e Standard view), agora é possível refinar seus resultados e ir muito além de uma simples pesquisa.

Na área “All Results” é possível filtrar seus resultados de acordo com o que você procura, ou seja, se você quer ver vídeos sobre determinado assunto, se deseja procurar em fóruns ou resenhas tudo o que foi falado sobre qualquer tema.

Mais resultados


Para acabar com as buscas obsoletas, a área “Any Time” oferece ferramentas para realizar buscas em períodos definidos pelo usuário, desta forma é possível filtrar resultados de acordo com a data de sua postagem.

Buscas no tempo


Nesta opção é possível conferir as imagens dos sites que geraram resultados e uma descrição mais elaborada de cada um deles chamada “Rich Snippet”. Ela é voltada, principalmente, paras buscas que se baseiam em opiniões, como no caso de produtos ou estabelecimentos, pois fornece pequenas resenhas sobre o termo pesquisado.

Resenhas mais completas

Para ter uma visão geral da sua busca, agora é possível utilizar as ferramentas oferecidas pelo Google e ir mais fundo em seus resultados. Três novas possibilidades oferecem mais conteúdo e permitem que você explore ainda mais toda a capacidade dos datacenters da empresa. A primeira “novidade” é a ferramenta Related searches. Ela oferece palavras relacionadas às que você pesquisou, desta forma é possível ampliar ainda mais seus resultados.

Buscas relacionadas

Quem usa o Google há tempos sabe que as buscas relacionadas já existiam, contudo com uma nova proposta, estes termos relacionados prometem agradar muito mais. Outra novidade nas buscas é a Wonder wheel, ou melhor, a roda maravilhosa. Esta ferramenta oferece uma espécie de organograma com palavras relacionadas à sua busca. Com isso, de uma forma muito interativa e diferente, é possível navegar por termos relacionados e expandir suas pesquisas.

Árvore de relações

Clique na imagem para ampliar

A última novidade da Search options é a ferramenta Timeline. Claramente ela é uma forma reduzida do site Google Insights for Search, o qual oferece dados sobre a frequência em que seu termo de pesquisa foi procurado.

Linha do tempo

No vídeo a seguir, é possível conferir as novidades na área de busca lançadas pelo Google no evento Searchology. Na segunda edição do evento promovido pela empresa, para promover a própria empresa, novas tendências são apontadas para o mercado e as que a Google pretende seguir.

Depois do boom da internet, os cacos de informação se espalharam pela rede. Será que o Google vai dar conta de organizar todo o conhecimento da web e aprimorar nossas buscas?

Outra novidade que já está presente no buscador é a Google Promote. Esta nova ferramenta utiliza as avaliações dos usuários para rankear a popularidade dos sites. Ao realizar uma busca, o usuário encontra uma seta logo ao lado do resultado. Ao clicar nesta seta e promover um site, automaticamente ele adquire relevância e, em pesquisas posteriores, ele terá mais destaque nos resultados. O contrário também acontece, desta forma sites que remetam a resultados não desejados, pode ser mandados ao limbo das buscas. Vale lembrar que é preciso estar logado no Google para participar.

Esta nova ferramenta mostra que a área de SEO – Search Engine Optimization – tende a se tornar substituível, pois ao invés de os especialistas utilizarem palavras-chave para melhorar o rankeamento da página, o próprio usuário fará isso. Desta maneira, os desenvolvedores deverão se preocupar mais com o conteúdo das páginas ao contrário de suas palavras-chave.

Futuro das buscas e do Google

Novas formas de busca estão surgindo e a Google está de olho nisso. Desde a época em que técnicas de pesquisa foram agregadas ao serviço, a Google sabe que seus usuários estão realizando buscas mais complexas a cada dia. Desta forma, agregar novas possibilidades para acompanhar a evolução da geração internet, é questão de sobrevivência para a companhia.

A página do Google Labs está repleta de novidades na área de buscas. A ferramenta Audio Indexing (somente em inglês) permite que você faça busca em vídeos! Isso mesmo, você digita um termo e toda a vez que ele aparecer em um vídeo será possível conferir o resultado da busca.

O futuro das buscas

Novos concorrentes estão surgindo no mercado, assim como o badalado Wolfram Alpha. Lançado em meados de maio, o novo motor de busca da internet promete colocar fogo na briga pela liderança das buscas e, consequentemente, fazer a Google se mexer para abafar o alvoroço causado pelo mais novo concorrente.

Briga de titãs

A Google revolucionou nossa maneira de pensar na web e a própria web. Hoje, ser destaque no Google é estar no topo do mundo, ainda mais em um planeta em que 205 milhões de residências estão ligados à internet. Vamos aguardar as próximas novidades nas buscas e acompanhar sua evolução e a da internet.

E você usuário? Como vê o passado, o presente e o futuro da Google? Será que ela vai perder a majestade ou o posto de referência nas buscas? Dê sua opinião, mas não vale procurar frases prontas para expressar o que você pensa deixe sua opinião aqui no Blog World INTERNET

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: