Mito ou verdade: deixar o monitor em stand by consome quase tanta energia quanto um monitor ligado?

O que é melhor: desligar ou deixá-lo em stand by? Desvende o mito sobre o consumo de energia do seu monitor com mais um artigo da seção Mito ou Verdade.

A preocupação com o meio ambiente não se resume a salvar florestas e reduzir o desperdício de água. Uma questão mundial que gera grandes discussões é o consumo de energia e a busca por fontes renováveis, mais baratas e menos agressivas ao planeta.

Alguns países estão apostando em esforços para conscientizar a população com relação aos eletro-eletrônicos. Os aparelhos, mesmo não estando em uso, ainda consomem energia por estarem conectados na tomada, o que significa que há corrente elétrica passando pelo circuito do equipamento.
Na verdade, o termo correto para o estado em que se encontram esses aparelhos aparentemente desligados é stand by. Rádios e microondas, por exemplo, possuem um relógio digital que é exibido enquanto o aparelho está desligado e precisam de energia para que a luz do mostrador fique acesa.

Segundo estatísticas do governo da Inglaterra, a energia gasta pelos aparelhos em modo stand by corresponde a 8% do consumo total de eletricidade nas residências. Se continuar assim, imagina como será a conta de luz da tal Casa do Futuro?

Os aparelhos consomem energia pelo simples fato de estarem ligados na tomadaOs cientistas acreditam que a maioria dos problemas relacionados ao gasto de energia elétrica seria resolvida se o consumo dos aparelhos em modo stand by fosse abaixo de 1 watt. A ideia convenceu o mundo e tornou-se uma exigência da legislação europeia: os fabricantes de equipamentos eletrônicos precisam adotar esse padrão de consumo até 2010.

Tecnologia verde

A Fujitsu Technology Solutions — Fujitsu Siemens Computers até abril deste ano — é uma das empresas que adotou a tecnologia verde como produto. Ano passado, a empresa lançou um monitor com consumo zero de energia quando em modo stand by. Isso é possível devido ao tipo de fonte de alimentação utilizada que funciona como uma espécie de interruptor automático. A eletricidade é cortada quando o monitor se desliga e, para ser ligada novamente, basta mexer no mouse ou no teclado.

A empresa não parou por aí. Na CeBIT 2009, o maior evento de tecnologia do mundo, a Fujitsu apresentou o Esprimo, um computador capaz de consumir zero watt de energia em stand by — chamado pela empresa de “modo eco”. É o primeiro modelo a atender à exigência da legislação européia.

Monitor

Preparando para entrar em modo de espera…

O termo em português equivalente para stand by seria “modo de espera” e é usado para denominar o estado em que o aparelho eletrônico está supostamente desligado, significando que o aparelho não está ligado, mas está pronto para voltar à ativa quando acionado.

Durante o modo stand by do computador, é cortada a energia dos discos rígidos, do monitor e dos dispositivos periféricos. O que continua funcionando é a memória, para que todos os trabalhos abertos não sejam perdidos.

No entanto, quando somente o monitor está em stand by, o computador continua funcionando normalmente porque as atividades não dependem da tela naquele momento. Tanto que, quando ficamos um tempo sem mexer no computador, o monitor automaticamente entra em modo de espera (verifique as opções de energia no Painel de Controle).

Mito ou verdade?

Deixar em stand by consome quase tanta energia quanto um monitor ligado? Não. Conforme o que foi explicado anteriormente no artigo, enquanto o monitor ligado consome o máximo de energia para o funcionamento, o modo stand by é uma maneira de economizar energia porque gasta apenas o necessário para evitar o desligamento total da tela.

Esse consumo mínimo usado não possui um número exato, mas varia em torno de 1 a 4 Watts. Se o valor não pareceu muito relevante para você, faça um cálculo aproximado do tempo em que seu computador fica ligado por dia e depois veja como há uma diferença significativa em médio prazo.  Sendo assim, deixar os aparelhos sempre em stand by pode resultar em um consumo considerável de energia. Para empresas, que possuem vários aparelhos ligados por longos períodos, é uma maneira de redução de gastos.

Contudo, não se esqueça de usar o bom senso: ligar e desligar o monitor toda hora não é saudável para a vida útil do equipamento.

3 Respostas to “Mito ou verdade: deixar o monitor em stand by consome quase tanta energia quanto um monitor ligado?”

  1. worldinternet2009 Says:

    Amigo anderson entre neste site e vc terá uma resposta mais técnica para esse questão http://www.eu-energystar.org/pt/pt_007c.shtml

    e obrigado por participar com a sua pergunta, seja sempre bem vindo !!!!

  2. Costaria de saber como é feito o calculo para saber o consumo ou um média do que um monitor consome

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: