Análise: Notebook HP Pavillion dv5-1270br

Pensando em comprar um notebook? Veja nossa análise deste incrível computador portátil da HP.

O Blog World INTERNET vem testando uma série de notebooks que são, na sua maioria, lançamentos e produtos desejados pelo público. Além disso, nosso site pretende testar uma variedade de outros produtos, para que você, consumidor, possa ter uma noção exata de quais produtos realmente compensam e as vantagens de cada um.

Recebemos um notebook da HP voltado ao público que deseja um computador portátil ideal para atividades multimídia e entretenimento em geral. O HP Pavillion dv5-1270br é um notebook capaz de substituir facilmente seu computador desktop, sendo que ele tem configurações até raras na maioria dos computadores.

Confira abaixo as especificações deste computador que certamente fará a sua cabeça.

Especificações do HP Pavillion dv5-1270br

Por que vale a pena investir no HP Pavillion dv5-1270br?

O HP Pavillion dv5-1270br é uma das melhores opções em notebooks para entretenimento. Apresentando uma ótima relação custo-benefício, o dv5-1270br é um dos poucos notebooks que custa em média quatro mil reais e compensa por trazer configurações de ponta.

O gravador de DVD com capacidade para leitura de discos Blu-Ray é, provavelmente, o fator que mais chama a atenção neste notebook. Unido com a saída HDMI, o Pavillion dv5-1270br oferece a vantagem de poder ser facilmente conectado a uma televisão de LCD ou Plasma e funcionar como um player de alta definição.

Os gráficos fornecidos pelo chip da ATI HD3200 fazem do dv5-1270br uma boa opção para quem procura um computador portátil que seja capaz de executar games modernos. Juntamente com o processador Turion Dual Core, o Pavillion consegue fazer proezas em diversos jogos e programas de tratamento de imagem.

HP Pavillion dv5-1270br — Um notebook excelente!

O leitor biométrico é, também, um recurso muito interessante, afinal, segurança é crucial. Fora isso, o HP Pavillion dv5-1270br possui suporte total ao novo padrão de redes — 802.11n —, um investimento muito interessante para quem já possui um roteador que trabalhe com este novo protocolo.

Ainda não está convencido? Que tal pensar no disco rígido pronto para armazenar uma infinidade de arquivos? O HD de 320 GB (GigaBytes) é mais do que suficiente para armazenar games, programas robustos e todas as atualizações do Windows Vista. Falando nisso, este Pavillion tem a vantagem de vir com o Windows Vista Home Premium versão 64 bits, uma característica importantíssima para que o Windows possa usufruir dos 4 GB de memória RAM.

Evidentemente, este notebook tem seus poréns, sendo um computador difícil de ser transportado na mala, pois seu peso é um pouco acima do normal. Além disso, a tela poderia ser um pouco maior e compatível com resoluções maiores, visto que a tecnologia Blu-Ray não pode ser desfrutada totalmente na resolução máxima da tela (1280×800).

Um Notebook que substitui seu PC

A configuração do HP Pavillion dv5-1270br é de impressionar a qualquer um. No Brasil é raro encontrar notebooks parecidos com esse Pavillion, sendo que notebooks do mesmo padrão custam muito mais. Efetuamos diversos testes com o dv5-1270br durante uma semana. Foi possível perceber claramente que a configuração deste computador atende o que a maioria dos usuários procura: eficiência e rapidez para trabalhar com aplicativos pesados e com vários softwares simultaneamente.

AMD Turion X2 e ATi Radeon HD 3200O processador Turion X2 do dv5-1270br é semelhante ao Athlon X2 4400+, tanto nas especificações como na capacidade de processamento, pois ambos conseguem executar programas e jogos numa mesma velocidade. Ao que tudo indica, o Turion de 2, 2 GHz incluso neste notebook parece ser ideal para trabalhar com o Windows Vista 64 bits e com 4 GB de memória RAM.

Apesar da boa configuração, nem tudo é mágica com o Pavillion dv5-1270br. A inicialização do Windows Vista deixa muito a desejar, sendo provavelmente uma decepção para quem procura por um notebook de alta velocidade. Em nossos testes o Windows Vista Home Premium demorou em média 1 minuto e 17 segundos para chegar à tela de logon e mais 47 segundos para carregar os programas da inicialização, totalizando 2 minutos e 4 segundos para permitir que o usuário utilize o computador.

Felizmente, o problema consiste somente na inicialização, pois a utilização do Windows procede de modo normal e o carregamento dos programas é exatamente igual como ocorre em um PC de mesa. O índice do Windows Vista retrata bem os componentes que limitam o HP Pavillion dv5-1270br. Como você pode ver abaixo, a placa de vídeo é a principal responsável pelo baixo índice, todavia, esta nota é mais do que razoável para um notebook.

Índice de Experi~encia do Windows no Pavillion dv5-1270br

O primeiro software que testamos ao utilizar o Pavillion dv5-1270br foi o Adobe Photoshop CS4. Obviamente, como já era esperado, este incrível notebook da HP não decepcionou nossas expectativas. A demora em abrir o programa foi maior quando utilizamos a versão 64bits, contudo os resultados durante a utilização foram iguais. Para testar o potencial da máquina, utilizamos uma imagem com 6000 x 6000 pixels de resolução. Confira na figura abaixo os resultados dos testes.

Resultados dos testes com o Photoshop CS4

Dando continuidade aos testes, utilizamos o PCMark e o 3Dmark para realizar provas onde o computador fosse levado a utilizar seu potencial máximo. Em ambos os testes o resultado foi como o esperado, o dv5-1270br sofre muito em testes desse tipo, porque sua placa de vídeo não possui uma configuração tão robusta como os softwares exigem. Nota-se ainda que, em decorrência do disco rígido de baixa rotação, o desempenho diminui muito. Contudo, esses testes servem apenas para comparações, porque na prática não representam muito. Veja as imagens abaixo que mostram os resultados dos testes.

Resultados dos Benchmarks

Estilo e elegância

O HP Pavillion dv5-1270br possui um design muito bonito, bem ao estilo dos produtos elegantes que a HP costuma criar. Com cores em prata e o lindíssimo Black piano, o dv5-1270br é, sem dúvida, um notebook que combinará perfeitamente com o escritório da sua casa. Confira abaixo fotos detalhadas que mostram a aparência deste notebook.

1 – Porta VGA para conectar monitores externos.
2 – Porta de Expansão.
3 – Porta para conexão de rede (conector do tipo RJ-45).
4 – Saída HDMI para conexão do notebook com televisores ou monitores de alta definição.
5 – Porta USB compatível com o padrão e-SATA.
6 – Porta USB 2.0 comum.
7 – Leitor de cartões.

8 – Entrada para conector de energia.
9 – Porta para conexão de internet (conector do tipo RJ-11).
10 – Duas portas USB 2.0 comuns.
11 – Gravador de DVD/Leitor de Blu-Ray.

12 – LEDs para indicar nível de energia e utilização do disco rígido.
13 – Receptor de sinais infravermelhos.
14 – Conexões para microfone e 2 fones de ouvido.

O teclado do HP Pavillion dv5-1270 é muito confortável, elegante e macio. Com um estilo que combina perfeitamente com o touchpad, o design deste notebook fica completo com as teclas de atalho e o acabamento exterior.

Teclado e touchpad são muito confortáveis

Entretenimento de ponta

Com o Pavillion dv5-1270br é muito confortável assistir a filmes e jogar os mais recentes games. Testamos a reprodução de filmes em Blu-Ray, DVD e jogos que realmente exigem da máquina. Os filmes rodaram impecavelmente, sendo que o único problema ficou por conta do Windows Media Player, que simplesmente não reproduziu os discos Blu-Ray. Obviamente a HP já sabia disso e colocou no pacote de programas um player próprio capaz de reproduzir filmes em Blu-Ray.

Claro que o dv5-1270br não poderia reproduzir gráficos com a melhor qualidade nos games mais modernos. Todavia, qualquer um fica surpreso com a capacidade que este notebook tem para executar jogos em configurações medianas. Os jogos que testamos foram os seguintes: Assassins Creed e Crysis Warhead.Em ambos a jogabilidade foi satisfatória e a qualidade gráfica não deixou tanto a desejar — ainda que em Assassins Creed foi um pouco decepcionante o resultado dos testes —, fator que mostra como a ATI HD3200 é realmente impressionante.

Em Assassins Creed não foi possível utilizar gráficos excepcionais. Ainda que este jogo seja mais leve que Crysis Warhead, parece que a placa de vídeo integrada não conseguiu se adaptar tão bem aos gráficos do game. A taxa de quadros por segundo em Assassins Creed variou muito, sendo que para obter uma velocidade aceitável, foi preciso reduzir muito a qualidade do jogo (utilizamos todos os detalhes no mínimo) e utilizar a resolução de 800 x 480 pixels.

Imagem capturada no notebook HP Pavillion dv5-1270br.

Ao testar Crysis Warhead foi surpreendente o modo como o HP Pavillion dv5-1270br se comportou. Utilizando a resolução de 800 x 480 pixels, com os gráficos configurados em qualidade média (mainstream), a taxa de FPS manteve-se numa média muito boa, sendo que em momento algum ficou impossível aproveitar o jogo.

Imagem capturada no notebook HP Pavillion dv5-1270br.

Sonoridade quase perfeita

Um notebook com tantas características impressionantes não poderia decepcionar na reprodução de áudio. Pois bem, testamos o áudio do HP Pavillion dv5-1270br com diversas aplicações e em várias configurações diferentes. O sistema SRS Premium Sound completa perfeitamente a reprodução de filmes e jogos (veja a imagem abaixo com um zoom nas caixas acústicas invisíveis).

Som de alta qualidade

Para testar, usamos alguns filmes, músicas e até mesmo o jogo Crysis Warhead para ver como o sistema de som se saía. Mesmo utilizando a intensidade sonora na sua capacidade máxima, em poucos casos o som ficou distorcido ou com algum ruído. Geralmente, os ruídos e distorções perceptíveis foram em músicas onde havia maior quantidade de graves. Apesar disso, utilizar o volume máximo seria um exagero, visto que poderia até prejudicar a audição.

Tanto o sistema de som embutido como a reprodução de áudio com a utilização de fones de ouvido foram impressionantes. O HP Pavillion dv5-1270br vem com um aplicativo chamado IDT Audio, software padrão para controlar placas de som IDT. Este aplicativo permite configurar o SRS Premium Sound para trabalhar em diversas ocasiões, aprimorando a qualidade sonora para a reprodução de músicas, vídeo ou jogos.

Programas que acompanham o notebook

Há alguns aplicativos que já vêm instalados por padrão no dv5-1270br. Dentre os softwares inclusos no notebook, somente o Norton Internet Security pode ser considerado como um software desagradável. Pelo que é possível constatar, este software é o grande responsável por lentidão no sistema, sendo que ele incomoda muito o trabalho de quem não deseja utilizar um antivírus.

A maioria dos softwares que veio junto com o notebook serve para interagir com os recursos extras do Pavillion dv5-1270br. Evidentemente, há um anplicativo voltado à configuração do leitor biométrico (DigitalPersonna), programas para entretenimento, os quais fazem parte do HP Media Smart e uma versão de avaliação do Microsoft Office 2007 válida por 60 dias.

Extras e considerações gerais

A webcam do Pavillion dv5-1270brO HP Pavillion dv5-1270br traz um fone de ouvido de qualidade média e um controle remoto para você poder controlar os aplicativos multimídia , ou seja, os acessórios comuns a maioria dos notebooks da fabricante. Claro que não poderíamos deixar de falar sobre a câmera embutida, que possui uma qualidade aceitável para vídeochamadas em programas como o MSN e o Skype.

Leitor biométrico ajuda muitoO leitor biométrico é muito simples de configurar, e é um recurso extra que facilita o login no Windows. O painel com botões de atalho é bem útil e ajuda muito a acessar os aplicativos multimídia e a escolher quando ativar o suporte a redes e Bluetooth.

Não há como reclamar da luminosidade do notebook, contudo, a tela do dv5-1270br reflete muita luz, um grande inconveniente para quem deseja assistir a filmes no computador. Com luzes apagadas fica mais confortável a utilização deste notebook, porém, isto pode gerar sérios problemas na visão.

Controle seus aplicativosPara quem gosta de utilizar o notebook longe da tomada, pode desistir do Pavillion dv5-1270br. Em nossos testes, a bateria do notebook durou quase duas horas no modo econômico de energia e realizando tarefas simples. Já para quem quer assistir vídeos em Blu-Ray, prepare-se para sentar próximo a uma tomada, pois a bateria durará uma hora no máximo.

Vale o investimento de 4 mil reais?

Se você procura por um notebook com ótimo desempenho para trabalho diário, tarefas pesadas, reprodução de filmes em alta definição, jogos com gráficos de qualidade intermediária e tudo isso sem pagar muito, com certeza o investimento em um HP Pavillion dv5-1270br não irá deixá-lo decepcionado.

2 Respostas to “Análise: Notebook HP Pavillion dv5-1270br”

  1. Tenho um DV5 1220br como o amigo acima, e confirmo o que ele disse.
    O note é maravilhoso e roda jogos em 3d, sou usuário hardcore e ele sobra em desempenho.
    Só a tela que reflete muito, muito mesmo (parece um espelho) e cansa a vista…

  2. Bom dia,

    Comprei um HP Pavilion DV5-1220br, com 2 GB e 160 de HD, sem Blu-Ray, porém, posso dizer que é o máximo, o note é coisa de outro mundo, sem contar da beleza, pois todos ficam babando, principalemento do simbolo da HP que simplesmente brilha quando ligado. Realmente chama atenção.

    Em resumo, é uma máquina perfeita para qualquer tipo de serviço, como o meu, que fico de segunda a sexta utilizando apenas Word, mas final de semana me acabo em jogos, e detalhe, são jogos meeeesmo, com os graficos 3D que mais exigem da máquina.

    Com certeza quem comprar um note desses não vai se arrepender.

    Sem contar que é um note e não um desktop, impressionante eim?

    Abraços!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: