Novos Eletrônicos: HTC Touch

Supercompacto, o HTC Touch pode ser definido como uma plataforma de entretenimento e conexão móvel baseada na interface TouchFLO™ para Windows Mobile 6.

Na corrida pelos celulares touchscreen, a HTC traz para o Brasil – um pouco atrasado em relação à Europa e América do Norte – um concorrente diferenciado. A interface intuitiva TouchFLO™ e as dimensões reduzidas do HTC Touch são seus principais atrativos.

O aparelho

Com um processador Texas Instruments OMAP 850 de 201MHz, 64Mb de RAM e 128Mb de ROM integradas, o HTC Touch não é o mais poderoso dos smartphones da atualidade, mas ainda assim é um pequeno bastante capaz.

Um dos pontos fortes do aparelho é seu tamanho reduzido, contando 9,9 cm de comprimento, 5,8 cm de largura e pouco mais de 1,3 cm de espessura, com peso – incluindo a bateria – de 112 gramas. Sobre a bateria, o tempo de utilização é de 200 h em modo de espera e até 5 horas em conversação contínua.

Equipado com o Windows Mobile 6.0 Professional, o HTC Touch tem à sua disposição milhares de programas, entre eles o pacote Pocket Office (Word, Excel, Powerpoint e leitor de PDF), além do MSN Messenger e Windows Media Player.

Memória e armazenagem

Com parcos 64 Mb de memória RAM e 128 Mb de espaço para armazenagem de arquivos, o HTC Touch conta com um slot de expansão para cartões de memória microSD, que aceita inclusive os de padrão SDHC de alta capacidade (até 4 Gb). Acompanha o aparelho um cartão microSD de 1 Gb.

Conectividade

O HTC Touch possui conectividade GSM/GPRS/EDGE tri-banda (900/1800/1900), tornando-o um aparelho versátil em termos de operadoras, porém não dispõe de conexão 3G. Ao menos a antena wi-fi 802.11b/g está presente, permitindo acesso à internet através de hotspots.

Tirando a conexão com a internet, o HTC Touch também apresenta Bluetooth 2.0 e por cabos USB, para a troca de arquivos entre o telefone e o seu computador.

Touchscreen

A tela LCD backlight de 2,8 polegadas tem sensibilidade resistiva ao toque. Ao contrário das telas capacitivas – como a do iPhone, do HTC Hero e do Palm Pre – que se utilizam da condução elétrica do corpo humano para reconhecer o ponto de contato, as telas resistivas precisam ser pressionadas, mesmo que levemente, para entenderem o toque.

O telefone também vem com uma stylus, que será necessária principalmente quando for escrever no teclado QWERTY da tela, cujos botões são bem pequenos.

A resolução de tela é de 240 x 320 pixels, com capacidade de produzir 65.536 cores.

TouchFLO™

A interface TouchFLO™ é o principal elemento de destaque do HTC Touch. Além de dar uma nova cara para o Windows Mobile 6.0 Professional, a interface criada pela HTC também adiciona algumas funcionalidades ao sistema operacional.

A tela principal do aparelho procura evitar a necessidade da stylus, com botões grandes o suficiente para a utilização dos dedos. Mas não são os botões o grande atrativo da TouchFLO™. Ao arrastar os dedos de baixo para cima na tela, um Launcher – chamado Touch Cube – toma a tela, oferecendo 3 opções de utilização. Para alterar entre cada tela do Touch Cube, basta deslizar o dedo lateralmente na tela.

A primeira tela do Launcher é a de conectividade, oferecendo acesso rápido a alguns aplicativos como o navegador de internet, cliente de email, compositor de SMS, gerenciador de tarefas e calendário. Ao deslizar o dedo para a segunda tela, você encontra as opções de multimídia, com atalhos para o player de música da HTC (que não é o Windows Media Player), para a galeria de fotos e para a videoteca. Passando novamente o dedo pela tela, chega-se ao Speed Dial, que apresenta uma lista de nove contatos mais utilizados para chamadas rápidas e também os controles de telefonia (discador, agenda de contatos, etc).

Na maioria dos aplicativos, os gestos e toques com os dedos são suficientes para a utilização do telefone, porém a stylus ainda é item obrigatório para a utilização do HTC Touch, principalmente para entrada de texto. O teclado padrão do Windows Mobile é muito pequeno, e mesmo tentando utilizar apenas a unha, escrever é bem difícil sem o uso da canetinha.

Multimídia

Câmera fotográfica

Com uma modesta câmera de 2 Mpixel, o HTC Touch não pretende ser um substituto da sua compacta digital. A qualidade das imagens, em situações ideais de iluminação, é razoável para guardar imagens simples, mas não espere criar obras de arte com este aparelho. Para manter o formato minúsculo do HTC Touch, alguns compromissos tiveram que ser feitos, e a câmera foi uma das escolhidas para sofrer.

A resolução máxima das imagens fotografadas é de 1200 x 1800 pixel, com tamanhos intermediários apropriados para a utilização como planos de fundo da tela inicial, para mensagens multimídia (MMS) ou como fotos de contatos da agenda.

A câmera ainda conta com um espelhinho para autorretratos, mas carece de flash.

Vídeo

Além de reproduzir diversos formatos de vídeo no Windows Media Player, o HTC Touch pode – ainda que modestamente – filmar através da câmera instalada na sua parte posterior. É possível realizar filmagens em dois modos – Padrão e MMS – ambos com resoluções de 128 x 96 pixel ou 176 x 144 pixel. Ainda que pequenas, a qualidade da imagem é aceitável. Em termos de formato, é possível guardar os vídeos filmados do aparelho em H.263, MPEG4 e mJPEG.

Música e áudio

O telefone vem com dois players pré-instalados com capacidade de tocar música. Além do Windows Media Player padrão dos aparelhos que usam o Windows Mobile como sistema operacional, a HTC adicionou um tocador de música próprio, acessível através da interface Touch Cube. Esse player tem uma interface mais simples de utilizar que o Windows Media Player, porém reconhece um menor número de formatos de arquivo.

A qualidade do som – tanto para ligações quanto para música – é boa, tanto nos fones de ouvido quando a partir do alto-falante colocado na parte de trás do aparelho. O volume desse alto-falante, entretanto, não é tão alto, dificultando o uso do viva-voz.

E então?

Para quem quer conhecer o mundo dos smartphones, este aparelho pode ser um bom ponto de partida.

No Brasil, o HTC Touch ainda é relativamente recente, ainda que esteja disponível há alguns anos no exterior, mas já está disponível nas três principais operadoras celulares do país. Desvinculado de operadora, o aparelho custa pouco mais de R$1000,00, mas levando em consideração descontos por contrato, é possível comprar um HTC Touch por até pouco mais de R$50,00.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: