YouTube: a revolução começou

Do simples compartilhamento de vídeos à transmissão ao vivo. Prepare-se para a nova geração

O YouTube não foi o primeiro que permitiu o upload de vídeos pelos usuários, mas desde o seu lançamento, em 2005, ele se consagrou como o campeão entre os sites do gênero. Seguindo a tendência dos portais de internet, o ele não só ofereceu serviços de hospedagem e compartilhamento de vídeo, como também permitiu que o site se tornasse mais um ponto de encontro, uma comunidade gigantesca de pessoas interessadas em mostrar ao mundo os momentos mais importantes de sua vida. Essa era a proposta no início, mas a coisa tomou proporções homéricas.

Do primeiro passo do filho caçula até o lançamento ao vivo do novo videoclipe de um artista internacional, hoje o YouTube é parada obrigatória para quem quer ou precisa ver e ser visto. Pode-se até arriscar a modificar o ditado “quem não é visto, não é lembrado” para “quem não está no YouTube, não é lembrado”, pois aqueles que acompanham a evolução do serviço desde o lançamento sabem que não seria exagero.

Widescreen

Dê as boas vindas à tela maior, pois agora o YouTube é widescreen. Finalmente nós, antes meros consumidores, agora podemos produzir nossos próprios vídeos no formato que certamente substituirá seu predecessor. Monitores e televisões com a proporção 16:9 já invadiram o mercado e conquistaram a todos. Assim, quem não se adaptar ficará para trás. Como o YouTube não é bobo nem nada, ele alterou o tamanho de seus vídeos para o widescreen, o que abre um leque de possibilidades enorme para usuários e parceiros.

Widescreen no YouTube.

Mas antes que você comece a praguejar porque ainda não tem uma câmera capaz de produzir vídeos no novo formato, deixemos algo muito claro: os vídeos feitos na proporção 4:3 ainda são suportados e continuarão sendo. A única diferença é que agora eles não ocuparão mais todo o tamanho do player e ficarão com faixas pretas nas laterais. Isso também não quer dizer que o tamanho desses vídeos mudará, pois o que aconteceu foi só um aumento na largura do player. Trocando em miúdos: o tamanho dos vídeos “normais” continua o mesmo. O que foi feito é abrir as portas para os vídeos widescreen, que agora têm mais espaço para serem reproduzidos.

Para aqueles que gostam de incorporar os vídeos em sites fora do YouTube, como blogs, sites de notícias, etc., também é possível inseri-los tanto no formato novo, quanto no anterior. Para isso, basta copiar o código e alterar o atributo “width” para o tamanho desejado. O vídeo abaixo é um exemplo. Definimos para ele o tamanho de 630 de largura por 380 pixels de altura.

Cadê o HD?

Não adianta ter uma câmera digital capaz de filmar em resoluções altíssimas se, ao publicar o vídeo, as imagens ficarem desfiguradas. O “efeito mosaico” acontece quando o vídeo tem sua qualidade reduzida, para que o seu tamanho e tempo de download também seja menor. Mas com a chegada e popularização das conexões de banda larga, agora também é viável assistirmos a vídeos em altas resoluções, sem grandes perdas no desempenho da conexão e na reprodução do vídeo.

Tendo isso em vista, o YouTube não só aderiu ao formato widescreen, como também está oferecendo a possibilidade de o usuário escolher se prefere assistir a vídeos em menor qualidade para economizar largura de banda e tempo de download, ou se prefere assistir a vídeos com qualidade superior e imagem cristalina. Logicamente, para que o usuário perceba alguma diferença na imagem, é necessário que o vídeo tenha sido enviado em alta resolução.

Veja a diferença entre os vídeos em baixa e alta resolução.

*Usuários do Firefox podem fazer o download de um script para o GreaseMonkey que dá opções adicionais de tamanho dos vídeos do YouTube. Clique aqui para fazer o download do script. Não se esqueça que é preciso ter o complemento GreaseMonkey para o Firefox instalado. Clique aqui para ir para a página do GreaseMonkey no Baixaki.

YouTube ao vivo!

YouTube Live!Faz tempo que o maior site de vídeos da internet deixou de ser só um “sitezinho” de upload e compartilhamento. Hoje ele é um completo centro de informações e entretenimento, pois até mesmo telejornais fazem transmissões através do serviço e diretores de cinema podem lançar oficialmente o trailer do seu próximo filme.

No dia 22 de novembro de 2008 o YouTube nos espantou com mais uma loucura: o YouTube Live! Um show com música, performances de mágicos, comediantes e várias outras atrações. Tudo transmitido ao vivo através das páginas do YouTube. 700 mil é um número grande para você? Pois, segundo a Akamai (empresa que fornece tecnologia para o YouTube), esse é o número de espectadores que estavam simultaneamente online, assistindo às atrações do YouTube Live!

E o evento foi só o começo, pois com a barreira quebrada, nada mais vai impedir o portal de fazer novos programas ao vivo, para que você, usuário, usufrua de diversão sem levantar da poltrona. Para conferir tudo o que aconteceu no evento YouTube Live!, clique aqui.

Interatividade

No estágio atual de evolução da internet, é antiquado pensar que as novidades acabaram, pois dia a dia são incorporadas ao YouTube uma série de novas funcionalidades e recursos que facilitam a sua vida e deixam mais interessante a sua experiência no serviço. Um exemplo é a página inicial, que sofreu modificações na forma como o conteúdo é apresentado ao usuário.

– Painéis

Você já sabe que existem várias categorias de vídeos sugeridos na página inicial. É possível ver uma lista de vídeos recomendados, baseada naqueles que assistiu anteriormente e adicionou aos seus favoritos. Também há um painel que mostra os últimos vídeos adicionados aos favoritos dos seus amigos e um painel que exibe os vídeos mais assistidos no momento.

Não bastasse isso, você ainda pode alterar a ordem desses painéis, mudar a forma como eles são exibidos (como lista ou em formato “mosaico”), a quantidade de linhas a ser mostrada ou até mesmo fechar painéis que você não quer que fiquem ocupando espaço na página.

Mude a posição dos painéis conforme o seu gosto.

– Listas de reprodução

As listas, que já estão presentes há bastante tempo, foram aprimoradas. Agora podem ser definidas como públicas. Ou seja, você pode permitir que todos os usuários do YouTube vejam, executem e, o mais interessante, façam buscas por elas, pois além de poder procurar por vídeos e canais na barra de busca, também há a opção de se fazer uma pesquisa por listas de reprodução.

Busca por listas de reprodução.

– Grupos

Crie um grupo, dê um nome, um endereço, uma descrição e a categoria em que os vídeos estarão. Você pode defini-lo como privado e permitir que somente os membros assistam os vídeos enviados a ele. Se você quiser, também pode restringir o envio dos vídeos, para que somente você faça isso.

TestTube

Como o próprio nome sugere, essa é a área de testes dos novos recursos do site. Todas idéias que ainda não foram implementadas por completo estão relacionadas na seção TestTube para que você usufrua antes que elas sejam lançadas (ou descartadas) oficialmente.

Entre as principais novidades relacionadas no TestTube estão as anotações, que inserem um sistema interativo de comentários nos seus vídeos. Assim, se você quiser adicionar links, comentários sobre o vídeo ou qualquer texto, é possível através do “Video Annotations”.

Entrando para arrebentar também vem o “Warp”, que é uma nova maneira de navegar pelos vídeos disponíveis no YouTube. A navegação através de “nuvens” é feita em tela cheia e reage de acordo com o movimento do seu mouse sobre os vídeos que estão na tela. Aqueles que tiverem maior relação com o vídeo central, mais perto estarão dele. Clique aqui para entrar no TestTube e conferir aquilo que será incorporado futuramente ao serviço.

Warp em execução.

YouTube Project: Direct

Quer ir para o Festival de Filmes de Sundance? Muito simples: crie um vídeo de até cinco minutos que esteja dentro do regulamento e corra o risco de participar de um dos festivais mais respeitados de filmes independentes. Se isso não for suficiente para convencê-lo a participar, saiba que se o seu vídeo for o escolhido, ele será exibido durante o festival. Isso significa que milhões de pessoas terão a oportunidade de ver sua criação e saber quem é você.

Envie seu vídeo para o YouTube project e saia do anonimato.

Mas se você prefere continuar no anonimato, lutando contra milhares de outros usuário por um clique no “subscribe”, ou se você ainda tem esperança de que aquele canal de televisão fique sabendo da sua existência, para depois oferecer um emprego de apresentador, não clique aqui para não entrar no site oficial do concurso no YouTube.

Tecnologia espantosa

O TestTube mostra tudo que está em fase de desenvolvimento, quase pronto para ser incorporado ao serviço, mas o Google Labs possui idéias ainda em fase totalmente experimental. Se você é um curioso de plantão, clique aqui para conferir o mapeamento de áudio, uma tecnologia que futuramente provocará mais uma revolução na forma como buscamos vídeos no YouTube. O sistema ainda é limitado, então não pense que você fará milagres.

Por exemplo: no futuro, se você quiser procurar por vídeos que as pessoas falam a palavra “música”, bastará digitá-la na barra de busca para que o sistema procure por vídeos com ela. Isso é possível através da tecnologia de mapeamento e indexação do áudio contido no arquivo, fazendo assim com que o áudio se torne pesquisável.

Avaliação geral

Que o YouTube só tende a crescer, todos concordam. Se o ritmo de crescimento do serviço continuar, será difícil nos mantermos antenados o suficiente para acompanhar a velocidade com que o serviço evoluirá. Exemplo disso é a tecnologia de mapeamento de áudio, que já está em fase de desenvolvimento e nós do Baixaki já estamos babando para mostrar para você.

Poder mandar um vídeo em alta resolução, no formato widescreen é com certeza a novidade mais legal, acompanhada pelas mudanças nas sugestões de vídeos da página inicial e os novos recursos, como as “Video Annotations”. Só faltou uma opção explícita para incorporar os vídeos na web, que possibilitasse a mudança de tamanho, pois os usuários agora vão querer inserir vídeos em widescreen em seus blogs e sites pessoais.

Fique à vontade para comentar as informações que você leu e compartilhar com os outros usuário aquilo que você gosta e não gosta a respeito do YouTube e as suas idéias sobre as novidades e o que ainda está por vir.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: